Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

18
Mai17

Porque a vida (também) é isto

Mom Sandra

Ainda não tinham passado dez dias do ano 2011 quando uma pequena, mas possante, frase mudou a minha vida.

 

- "Eu e tu não somos filhas do mesmo pai..." - disse, já a chorar, a minha Sis.

 

Era Domingo e eu tinha 34 anos. 

 

Lembro-me que, naquele momento, estas palavras não fizeram qualquer sentido na minha mente. Lembro-me que, peguei no Cartão do Cidadão e li o nome do meu pai. Lembro-me das lágrimas a escorrerem na cara do meu pai e de eu lhe dizer, enquanto as limpava "Como é que alguém pode dizer uma coisa destas? Então não és o meu pai? Claro que és! Está aqui escrito, no Cartão do Cidadão, que o és!" Lembro-me que, naquele dia, só pensava na barbaridade que me estavam a dizer.

 

Os primeiros três dias (li algures que é o tempo que o cérebro precisa para assimilar novas informações) foram de dúvidas. Não existenciais (essas vieram mais tarde), mas da informação. Foram três dias a pensar que me estavam a enganar. Ao quarto dia, acordei e a informação já estava registada - o meu pai não era o meu pai biológico.

 

Os últimos seis anos foram de choque, revolta e dúvidas existenciais. Foram anos com muitos momentos negros e tristes. Foram anos onde, por duas vezes bati no fundo dos fundos. 

Mas também foram anos que me ensinaram muita coisa e que me transformaram na pessoa que sou hoje.

Consegui arrumar a cabeça. Consegui expulsar demónios. Consegui perceber que tudo nos acontece com um propósito. Tomei decisões que devia ter tomado há muito tempo. E aprendi que, até pode demorar, mas depois da tempestade vem sempre a bonança.

 

 

Este ano, decidi que estava na altura de voltar a viver. Comecei o ano decidida a mudar e tomei as rédeas da vida. 

 

Voltei a trabalhar.

Liguei a uma amiga muito especial, com quem já não falava há muitos e muitos meses.

Cortei, totalmente, com quem não presta.

Passeio a pé.

Riu muito mais.

Fiz novos amigos.

Transformei conhecidos em amigos.

Voltei ao blog.

 

Tudo isto, e muito mais, trouxeram-me mais alegria, mais calma e, com certeza, mais sabedoria.

 



6 conversas

  • Imagem de perfil

    Mom Sandra 19.05.2017

    Foi, de facto, um grande murro no estômago... Mas, tal como tão bem disseste, aceitar é a chave.
    Demorei a percebê-lo.


    Mesmo sem o saberes, os teus textos ajudaram-me bastante. Obrigada, do fundo do meu coração.  Image


    A escrita foi, e será sempre, um refúgio. Image


    Beijinhos
  • Imagem de perfil

    José da Xã 19.05.2017

    Ui Sandra... colocaste-me num patamar com muita responsabilidade...
    Não imagino que textos escrevi que te ajudaram, mas pronto.. fico muito comovido por essas tuas simpáticas palavras.
    Espero que sejas tão feliz quanto possível.
    Aceita um concelho: não deixes nunca de escrever.
    Bom fds.
  • Imagem de perfil

    Mom Sandra 20.05.2017

    Desculpa José, não foi com intenção... Image
    Também não te sei dizer, concretamente, quais os textos, mas sei que quando falas sobre a vida, ou emoções, ou sentimentos, deixas-me a reflectir. Image


    Conselho aceite!


    Bom fim-de-semana!
  • Imagem de perfil

    José da Xã 21.05.2017

    Parabéns pelo destaque.
    Merecidíssimo.
  • Imagem de perfil

    Mom Sandra 21.05.2017

    Obrigada!
    Fico sem palavras... Image


    Beijinhos e boa semana! Image
  • Conversar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.