Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

25
Mai15

Tu, Eu e o Vinho de Colares

Mom Sandra

Hoje sonhei contigo e com vinhos... mas não era com um vinho qualquer, descansa!

Aqui a Mom sabe bem o que quer e, até calha, que tem muito bom gosto, por isso hoje sonhei que estávamos, na pacatez do meu jardim, a tomarmos um copo (bem, na verdade foi mais do que um copo, mas isso não interessa nada!) de um belo e delicioso Vinho de Colares, enquanto conversávamos e riamos e exorcizávamos os nossos fantasmas.

... e, assim, de um magnifico sonho, nasceu a ideia para um post!

 

O VINHO DE COLARES

 

Na região de Colares, entre a Serra de Sintra e o Oceano Atlântico, numa zona maioritariamente junto ao mar e que  inclui as freguesias de Colares, São Martinho e São João das Lampas, existe uma pequena zona vitícola, a segunda mais antiga região demarcada do país - Denominação de Origem Controlada de Colares - que produz um dos melhores vinhos nacionais.

 

Vinho de Colares

 

O Vinho de Colares é conhecido pela sua cor rubi que, com o envelhecimento, ganha uma textura aveludada e bouquet excepcionais, características únicas que ajudaram à sua internacionalização para os Estados Unidos da América, onde é apreciado por um pequeno, mas importante, nicho de mercado.

 

Vinho Regional de Colares

 

A zona DOC de Colares, existe desde 1255, e as características únicas deste vinho devem-se à conjugação de três factores:

  • às vinhas centenárias;
  • às características do solo -  divide-se em duas sub-zonas: "chão de areia" (região das dunas) origem de cerca de 80% da vinha plantada de acordo com a prática tradicional de "unhar" a vara de "pé franco" no estrato subjacente à camada de areia, fazendo com que as videiras cresçam ao nível do chão; e "chão rijo" (solos calcários, pardos de margas ou afins);
  • ao clima - temperado e húmido no Verão, influenciado pela Serra de Sintra, aliado aos ventos marítimos fortes.

 

vinhas de areia de Colares

 

Este vinho tornou-se bastante popular, um pouco por todo o mundo, nos finais do século XIX, porque as castas que o produzem foram das poucas castas na Europa que sobreviveram à filoxera, tudo graças aos solos arenosos são plantadas.

 

vinhas de areia em Colares

 

As vinhas de Colares crescem sempre junto à areia, onde são plantadas, para que a uva se desenvolva perto do solo, originando uma maior exposição solar do que a que acontece com as vinhas tradicionais, factor que origina uma maior produção e uma melhor qualidade das uvas e, sensivelmente a seis semanas das vindimas, são colocadas umas estacas, para que a humidade do solo não estrague as uvas.

 

vinhas de areia em Colares

 

Existem, ainda neste século XXI, quatro adegas produtoras de Vinho de Colares e estão todas sediadas na freguesia de Colares, são elas:

 

Adega Regional de Colares

 

Adega Regional de Colares

 

Fundada em 1931, a Adega Regional de Colares é, neste momento, a adega cooperativa mais antiga do país. Actualmente, mais de 50% da produção da região e mais de 90% dos produtores pertencem a esta cooperativa. O edifício actual é o original, é imponente quando visto de fora e deslumbrante pela sua dimensão interior. No edifício principal reunimos um grande conjunto de tonéis de enormes dimensões nos quais envelhecemos os vinhos que produzimos.

 

"Como Adega Cooperativa local, damos grande importância à protecção e preservação da Cultura do Vinho de Colares, às suas castas únicas e aos seus métodos de cultivo originais.

A nossa filosofia enológica assenta no imperativo respeito pelo terroir de Colares, dando continuidade ao trabalho dos nossos antepassados.

Produzimos vinhos temperamentais do Velho Mundo Vitícola! Redescubra-nos!"

@ A Adega, Adega Regional de Colares

Adega Regional de Colares

 

Adega Viúva Gomes

 

Adega Viuva Gomes

 

Esta adega foi mandada construir em 1808, em Almoçageme, pela família Gomes da Silva. Esta família era oriunda da região de Loures, onde possuíam uma grande vinha e, mais tarde, dedicaram-se também ao comércio de vinhos da Região de Colares.

 

Adega Viuva Gomes

 

Os vinhos Viuva Gomes, têm como representante oficial nos Estados Unidos da América, a NLC Wines e podem ser encontrados em várias garrafeiras de Nova Iorque e no restaurante Jean Georges com três Estrelas Michelin.

 

Adega Viuva Gomes

 

Adega Beira-Mar

 

Adega Beira Mar

 

Esta companhia foi fundada em 1900 por António Bernardino da Silva Chitas, após a sua morte, quem esteve à frente do negócio foi o seu filho e, hoje em dia, é propriedade do neto do fundador.

 

Adega Beira Mar

 

Situada na pequena aldeia das Azenhas do Mar, as marcas comercializadas são “Colares Chitas” e "Beira Mar", compostas por um vinho tinto Ramisco e um vinho branco das castas Malvasia, Arinto, D. Branca e Fernão Pires, todas estas castas são cultivadas em chão de areia.

 

Vinho Beira Mar

 

 

Um grande produtor de vinho da região DOC de Colares, que já não está no activo é a adega Visconde de Salreu. Falo dela, porque o seu edifício é, de facto, fantástico e motivo de visita de muitos estrangeiros.

 

Adega Visconde de Salreu

 

Adega Visconde Salreu

 

Em 1921, em Colares, o Visconde de Salreu, mandou construir umas grandes caves, a partir de um projecto do arquitecto Norte Júnior.

Foi construído um edifício majestoso, com uma fachada de enorme beleza e que, ainda hoje, se encontra num excelente estado de conservação.

 

O edifício de nítida inspiração vernacular alonga-se em dois blocos paralelos e contíguos que galgam a encosta, permanecendo a fachada junto à entrada principal, ornada por duas pipas envoltas numa cercadura azulejar da Fábrica Constança, a azul e branco, na qual se pantenteiam putti colhendo uvas.”

@ "Colares", de Maria Teresa Caetano

 

Hoje em dia, este edifício é utilizado, meramente utilizado para eventos culturais.

 

Adega Visconde Salreu

 

 

 

Fontes:

Adega Regional de Colares

Adega Viuva Gomes

airdiogo num copo

COLARES - Entre o Mar e a Serra

Rio das Maçãs

 

 

Nota: todas as fotos estão "linkadas" para as páginas de onde foram retirada.

 

 



29 conversas

Queres conversar?

Arrumação

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Just Mom @:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow