Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

15
Mai17

Onde é que vais estar no dia 27 de Maio?

Mom Sandra

E quem diz 27 de Maio, acrescenta 24 de Junho, 29 de Julho, 30 de Setembro e 28 de Outubro, sempre às 16h00.

 

Não sabem?

 

Então eu sugiro!

 

Um copo com história

 

 

 

Basicamente, e como já devem ter percebido, são várias provas de vinhos de Colares e da Rota dos Vinhos de Bucelas, Carcavelos e Colares, acompanhadas de muita conversa (as melhores conversas são sempre acompanhadas de bons vinhos) com enólogos e produtores destas regiões.

 

 

Se dúvidas houverem, essas vão já desaparecer, é que a entrada é livre - bem, está sujeita a inscrição prévia, até à 4ª feira anterior à data da sessão... Mas não esperem pelo último dia porque, aposto que vão ficar desiludidos com a resposta "Lamentamos, mas o evento está esgotado."

 

 

Termino com o menú:

  • 29 Maio |16h00| À volta da Malvasia

Enólogo Francisco Figueiredo da Adega Regional de Colares e Produtor João Corvo da Villa Vergani.

 

  • 24 Junho |16h00| Prova de vinhos comentada

Enólogo Tiago Correia, do Villa Oeiras.

 

  • 29 Julho |16h00| Prova de vinhos comentada

Produtor José Baeta da Adega Viúva Gomes e Produtor Paulo da Silva da Adega Beira Mar

 

  • 30 Setembro |16h00| Prova de vinhos comentada

Produtor Vasco Pereira do monte do Roseiral, Bucelas

 

  • 28 Outubro |16h00| Conversa de Enólogos

Rota dos Vinhos de Bucelas, Carcavelos e Colares

 



16
Dez16

Transferência do século

Mom Sandra

Eu sei que ainda agora estamos na segunda década deste século, e que faria mais sentido que o título fosse

 

TRANSFERÊNCIA DO ANO

 

mas isso não teria graça nenhuma, além de que não era a mesma coisa...

 

Bem, dito isto, resta-me anunciar quem vai ser transferido e, para onde.

 

Pai Natal em Sintra

 

 O Pai Natal mudou-se para Sintra, com malas e bagagens (que é o mesmo que dizer: com a fábrica e os duendes)!

 

O Palácio Nacional de Sintra irá receber, de 16 a 23 de dezembro, “A Incrível Fábrica de Natal”, um espetáculo de video mapping promovido pela Parques de Sintra e pela Câmara Municipal de Sintra, com autoria e produção do ateliê OCUBO. Durante estes dias, o mais antigo Paço real do país transforma-se numa enorme fábrica do Natal, na qual o Pai Natal coordena a sua imensa equipa de duendes, responsável por satisfazer os sonhos das crianças.

 

 

Programa das Festas:

 

Das 18h às 22h, de hora a hora, e com duração de 15 minutos cada projeção de video mapping, os OCUBO – os mesmos autores e produtores dos espetáculos “Circo de Luz” e “O Fabuloso Desejo de Natal”, que passaram pelo Terreiro do Paço noutras quadras natalícias – prometem espalhar, juntos das crianças, a magia do Natal. Magia essa vivida também em toda a vila de Sintra, com o “Reino de Natal” que invade o centro histórico e o Parque da Liberdade até 23 de dezembro. Durante estes dias, o Terreiro da Rainha Dona Amélia do Palácio Nacional de Sintra recebe também o “Mercado de Natal”, das 10h às 18h, com a comercialização de artigos alusivos à quadra.

 

Post escrito com base na notícia Parque Nacional de Sintra transforma-se numa "Incrível Fábrica de Natal"

 

Não percam!



14
Nov16

Uma aldeia na vanguarda da civilização

Mom Sandra

("É a tua aldeia, Mom?")

 

Hummm... No que a avanços da civilização diz respeito, posso dizer-vos que não está na vanguarda... Mas aposto que ganha um prémio de classificação, num qualquer concurso de bizarria.

 

A minha aldeia é muito pequena.

Devemos ser, para aí, uns 1000 habitantes... ("Só?") Pronto, está bem, talvez nem sejamos tantos. Numa tentativa de ser um pouco mais realista, talvez cheguemos aos 500 habitantes... ("A sério, Mom?!") Mesmo a sério, não sei! Segundo os meus cálculos, devemos andar entre os 300 e os 500 habitantes, mas, devido à ausência de dados (e eu procurei-os), não sei dizer exactamente quantos somos.

 

Por sermos uma catrefada de gente a viver aqui, temos direito a um café, uma paragem da carreira (nome pomposo dado pelas gentes da terra - porque é o que está escrito na bandeirola das paragens - aos autocarros, ou cami(o)netas), uma cabine telefónica e para aí uns 7 conjuntos de eco-pontos + 2 contentores grandes do lixo, espelhados pelas zonas onde existem agrupamentos de vivendas,

 

Esta pequena aldeia é atravessada por uma EN, que a divide entre a parte norte e a parte sul... E aqui é que a porca morde torce o rabo*!

 

Just Mom by Mom Sandra

 

 

 

 

E que bem se vive no campo!

 

 

*Primeiro achei que era morde, embora não estivesse convicta disso porque não fazia sentido. Quase no fim do post acendeu-se uma luz no meu cérebro que iluminou a palavra torce... Com a idade, o Alzheimer acentuou-se.



Arrumação

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Just Mom @:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow