Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

Just Mom

Uma autêntica salada russa (eu sei!), mas espero que se divirtam a ler.

15
Mai15

Produtos e Receitas da minha região #1 - Travesseiros de Sintra

Mom Sandra

Quando a Miss Ana me desafiou para falar acerca de um produto da minha região, eu fui pesquisar acerca do que poderia falar e percebi que existem imensos produtos tradicionais do Concelho de Sintra.

Apenas falei das Queijadas de Colares, mas fiquei com vontade de falar de muitos outros, por isso decidi retomar o tema e falar de todos os outros.

Este é o primeiro post acerca de Produtos e Receitas da minha região e é inteiramente dedicado aos:

 

Travesseiros de Sintra

 

Os Travesseiros de Sintra são um dos doces mais procurados pelos turistas, quando visitam esta vila.

São fabricados, exclusivamente, na pastelaria Piriquita que fica situada na zona da Vila Velha, no centro da Vila de Sintra.

 

Piriquita @ Sintra

 

Em meados de 1940, Constança Luísa dos Santos Cunha, neta da fundadora da Antiga Casa das Queijadas da Piriquita (hoje apenas Casa Piriquita), criou um novo doce, comprovando que ainda havia lugar para um novo conceito de “tradição evolutiva” dos paladares sintrenses.

Este novo doce transformou-se, muito rapidamente, num dos ex-libris de Sintra, passando a fazer parte da cultura e simbolismo desta velha vila.

 

Travesseiro de Sintra

 

Os Travesseiros de Sintra são feitos de massa folhada, doce de ovos, amêndoas e açúcar. Esta mistura harmoniosa de ingredientes, que era, inicialmente, medida, pesada e laborada em tachos, panelas, alguidares e colheres de pau, adoptou, hoje em dia, novas fontes de energia e novos equipamentos e utensílios, sem que, com isso, o sabor divinal deste doce, que sai directamente dos fornos para as mãos dos seus apreciadores, se alterasse, pois continuam sempre suculentos, estaladiços, cremosos e aromáticos.

 

Leonor Cunha & Travesseiros da Piriquita

 

Os Travesseiros de Sintra ficam, para sempre, na memória de quem os prova e, por isso, percorrem o país e o mundo, sendo descritos como inesquecíveis por todas as pessoas que têm o belo prazer de os saborear, sejam figuras públicas ou anónimas, nacionais ou estrangeiras.

Todos eles aconselham a quem venha a Sintra, que não se esqueça de comer um travesseiro... Da Piriquita!!!

Curiosamente, os Travesseiros da Piriquita são, de todos os doces sintrenses, o mais recente, mas o mais famoso.

Travesseiros de Sintra

 

Para os mais gulosos deixo-vos a receita que encontrei aqui. (atenção que não ficam iguais aos originais).

 

<input ... >Receita:

 



Ingredientes:

400g de massa folhada congelada
100ml de água
300g de açúcar
150g de amêndoa triturada sem pele
1 c.chá de canela
4 gemas
açúcar fino para polvilhar

 

Modo de fazer:

Descongelar a massa.

Misturar a água com açúcar até obter ponto fio.

Misturar com um garfo a amêndoa, a canela e as gemas e juntar ao preparado anterior. Continuar a mexer até engrossar, retirar do lume e deixe arrefecer.

Ligar o forno a 200º.

Estender a massa folhada numa superfície polvilhada com farinha e cortar em rectângulos.

Distribuir o recheio pelos rectângulos e dobrar em três partes até obter a forma de travesseiros.

Pressionar as pontas e colocar num tabuleiro polvilhado com farinha.

Levar ao forno durante 25min.

Retirar e polvilhar com açúcar.

 

Bom Apetite!!

 

 



14 conversas

Queres conversar?

Arrumação

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Just Mom @:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow